25
jun

Famílias têm papel fundamental na recuperação de dependentes de drogas

Famílias têm papel fundamental na recuperação de dependentes de drogas

A família tem um papel fundamental na recuperação do dependente. Muitas vezes o sujeito não está em condições de perceber a própria doença e cabe à família identificar o que está errado e procurar ajuda.

Não é fácil cumprir esse papel. Primeiro, porque não há um perfil específico para os dependentes de drogas, o que dificulta identificar um provável usuário. Segundo, os sintomas variam muito e podem ser confundidos com outras doenças. Normalmente, usuários costumam refletir o consumo em mudanças físicas e comportamentais, como diminuição do apetite, perda de peso, descuido ou abandono da higiene pessoal, queimaduras nos dedos e boca (no caso do crack), alucinações, distúrbios do sono e paranoicos.

Além disso, é natural que durante o processo de recuperação a família vivencie momentos de muita angústia, que podem levar a depressão e a um alto grau de codependência.

O indicado é que os familiares busquem ajuda profissional, que ajudarão a enfrentar o caminho da recuperação.

1
Olá! Problemas com drogas ou álcool? Vamos lhe ajudar!
Powered by