17
abr

Depressão: sintomas que você precisa conhecer

Publicado em Depressão
Depressão: sintomas que você precisa conhecer

Depressão (transtorno depressivo maior ou depressão clínica) é um transtorno de humor comum, porém grave. Os sintomas de depressão afetam a maneira como você se sente, pensa e lida com atividades diárias, como dormir, comer ou trabalhar.

Os sintomas de depressão devem estar presentes por pelo menos duas semanas para que um indivíduo seja diagnosticado. Algumas formas de depressão são ligeiramente diferentes, ou podem se desenvolver sob circunstâncias únicas, tais como:

Transtorno depressivo persistente

Também chamado distimia é um humor deprimido que dura pelo menos dois anos. Uma pessoa diagnosticada com transtorno depressivo persistente pode ter episódios de depressão maior, juntamente com períodos de sintomas menos graves. Porém os sintomas devem durar dois anos para ser considerado transtorno depressivo persistente.

Depressão perinatal ou pós-parto

É muito mais grave do que o “baby blues” (sintomas relativamente baixos de depressão e ansiedade que normalmente desaparecem dentro de duas semanas após o parto). Cerca de 80% das mulheres experimentam a “baby blues” após a gestação. As mulheres com depressão pós-parto experimentam grande depressão durante a gravidez ou após o parto (depressão pós-parto). Os sentimentos de extrema tristeza, ansiedade e exaustão que acompanham a depressão perinatal podem dificultar que essas novas mães completem atividades de cuidados diários para si e / ou para seus bebês.

Depressão psicótica

Ocorre quando uma pessoa sofre de depressão grave, além de alguma forma de psicose, como ter falsas crenças fixas perturbadoras (delírios), ouvir ou ver coisas que outras pessoas não conseguem ouvir ou ver (alucinações). Trata-se de uma categoria atípica de depressão maior, onde as pessoas demonstram sintomas psicóticos e comportamento depressivo geral ao mesmo tempo. Os sintomas psicóticos normalmente têm um “tema” depressivo, como delírios de culpa, pobreza ou doença.

Transtorno afetivo sazonal

É caracterizado pelo início de um quadro de tristeza prolongada durante os meses de inverno, quando há menos luz solar natural. A depressão de inverno, como costuma ser conhecida, é uma forma de depressão que, como o próprio nome diz, ocorre principalmente durante o outono e o inverno, onde a falta de luz solar pode tornar as pessoas mais vulneráveis a flutuações normais de humor. Normalmente é acompanhada do aumento do sono e ganho de peso.

Transtorno afetivo bipolar

É diferente da depressão, mas é incluído nesta lista porque alguém com transtorno bipolar vivencia episódios de humores extremamente baixos que atendem aos critérios de depressão maior (chamado “depressão bipolar”). Uma pessoa com transtorno bipolar também experimenta estados altamente elevados – eufóricos ou irritáveis ​​- chamados de “mania” ou uma forma menos grave chamada “hipomania”. Exemplos de outros tipos de distúrbios incluem distúrbios disruptivos de humor (diagnosticados em crianças e adolescentes) e distúrbio disfórico pré-menstrual.

Sinais e sintomas de depressão

Se você tem experimentado alguns dos seguintes sinais e sintomas a maior parte do dia, quase todos os dias, durante pelo menos duas semanas, você pode estar sofrendo de depressão:

  • Humor triste, ansioso ou “vazio” persistente
  • Sentimentos de desesperança ou pessimismo
  • Irritabilidade
  • Sentimentos de culpa, inutilidade ou desamparo
  • Perda de interesse ou prazer pela vida, hobbies e atividades
  • Diminuição da energia ou fadiga
  • Mover ou falar mais devagar
  • Sentir-se inquieto ou ter problemas para ficar sentado
  • Dificuldade de concentração, lembrança ou tomada de decisões
  • Dificuldade para dormir, despertar de manhã cedo ou dormir demais
  • Apetite e/ou alterações de peso
  • Pensamentos de morte ou suicídio, ou tentativas de suicídio
  • Dores, dores de cabeça, cólicas ou problemas digestivos sem uma causa física clara e/ou que não se aliviam mesmo com o tratamento

Como são sentidos os sintomas de depressão

Algumas pessoas experimentam apenas alguns sintomas. Outros indivíduos podem experimentar muitos. Vários sintomas persistentes, além do humor baixo são necessários para um diagnóstico de depressão maior. Pessoas com apenas alguns, mas angustiantes sintomas podem se beneficiar do tratamento de sua depressão “subsindrômica”. A gravidade, a frequência dos sintomas e quanto tempo eles duram variam dependendo do indivíduo e sua doença particular. Os sintomas também podem variar dependendo do estágio da doença.

1
Olá! Problemas com drogas ou álcool? Vamos lhe ajudar!
Powered by